Notícias



20/12/2016

Curso para Agentes de Comércio Exterior

 

O Plano Nacional de Cultura Exportadora (PNCE) promoveu treinamento para a equipe do Núcleo PEIEX-PB em Comércio Exterior na Paraíba


Ocorreu no início deste mês, no auditório da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba, um treinamento para formação e aprimoramento de agentes de comércio exterior. Participaram da capacitação os integrantes da equipe do Projeto Extensão Industrial Exportadora (PEIEX), da Fundação PaqTcPB / Incubadora Tecnológicade Empreendimentos Criativos e Inovadores (ITCG), do Plano de Desenvolvimento Econômico, Social e Sustentável, do Núcleo Estadual de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais da Paraíba, da Secretária de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico e do Sebrae PB.

“O treinamento ministrado por especialistas do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), veio a contribuir, além do conhecimento prático em análise de mercado externo, reforça a integração e sinergia entre os agentes de todos os níveis da estrutura organizacional do governo, sendo esta a primeira do conjunto de ações que serão realizadas em nosso estado, as quais buscam atingir de maneira positiva o agente mais importante dentro dos esforços das exportações, ou seja, o empresário da pequena e média indústria.”, pontua Anderson Gomes, Monitor Extensionista, do Núcleo PEIEX-PB.

Gustavo Tavares, Analista de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) que ministrou o treinamento, ressalta a importância da ação: “O Ministério espera dar sequência aos lançamentos do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE) nos Estados onde ainda não foi possível realizá-lo, e com isso formalizar os respectivos Comitês Estaduais que representam instâncias de deliberação regional do PNCE.”

A exportação tem sido apontada por especialistas como uma importante alternativa para os empresários driblarem a crise econômica enfrentada pelo Brasil, utilizando a capacidade de produção mesmo quando a demanda interna apresenta queda, assim como Marilia Araújo, da Secretária de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico da Paraíba – SETDE acentua: “A expectativa para 2017 é a de que o investimento nas exportações será uma necessidade inescapável. A demanda agregada local não tem mostrado o crescimento de outrora, portanto, a saída para evitar a retração da produção (e com isso, a queda do emprego e renda locais) são os mercados externos.”

“A exportação pode ser determinante na retomada do crescimento da economia brasileira uma vez que as indústrias apresentam, em geral, baixa utilização de sua capacidade produtiva e a demanda interna deve continuar deprimida por algum tempo devido ao cenário macroeconômico adverso, ao alto nível de desemprego e a queda de renda das famílias. Então a exportação é uma saída para a crise. Porém, cabe ressaltar que há um grande desafio nesse sentido no que diz respeito à competitividade dos produtos brasileiros e à falta de uma cultura exportadora no país.”, complementa Anderson Feliciano, Assessor de Relações Internacionais – Fundação PaqTcPB/ITCG.


A parceria entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX) e a Fundação PaqTcPB na formação da equipe do Núcleo PEIEX-PB, visa justamente oferecer o suporte necessário para que empresas que sejam potenciais exportadoras, desenvolvam estratégias comerciais visando também o mercado externo. A equipe local que iniciou trabalho no estado da Paraíba no segundo semestre de 2016 já atua nesse sentido, conforme aponta Anderson Gomes, monitor da equipe: “A indústria paraibana, devido a sua qualidade e apelo à identidade regional, tem destacada contribuição estratégica em diversos segmentos do Comércio Exterior como calçados, bebidas, vestuário e em desenvolvimento de softwares e aplicativos. No que tange a produção de calçados, este potencial precisa ser melhor explorado a partir de ações que viabilizem o incremento de valor agregado nestes produtos. Outro segmento estratégico é o de serviços e desenvolvimento de softwares e aplicativos, devido à excelente formação de profissionais nesta área, investimentos de multinacionais em projetos de pesquisa têm sido realizados, tornando o estado referência regional e internacional na área de tecnologia.”

Em conjunto com o esforço de preparar o setor produtivo da Paraíba para a atuação no mercado global, há ações paralelas voltadas ao desenvolvimento da economia local, como mostra Marília Araújo da SETDE: “Apesar de os objetivos do PLADES visarem mais do que o simples crescimento da produção (a orientação do Plano entende que o desenvolvimento, diferente do crescimento, requer que a expansão produtiva seja planejada considerando os setores e segmentos que mais afetem os fatores distributivos, sociais e ambientais), é esperado que as ações desse Plano provoquem impactos na produção paraibana em escala e escopo, e isso, sem dúvida, exigirá encontrar, para além do território paraibano, os novos mercados para o escoamento da produção.”

Para maiores informações sobre o projeto: nucleo_peiex@paqtc.org.br



Fonte: ASCOM - Assessoria de Comunicação da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba









Institucional ITCG CITTA Serviços Área Interna Contatos Comunicação

Histórico
O que fazemos?
Quem somos?
Prêmios e Credenciamentos
Estatuto
Marca e Aplicação

Incubadora
Empresas incubadas
Empresas Associadas
Como se incubar?
Área do Empreendedor
     Lab2Market
     NIT
     Central de Projetos
     Cursos e Capacitações

O que é?

Interveniência em Projetos
Prestação de Serviços Especializados
Cursos e Capacitações
Licitações
Contratos e Convênios
Concursos

Intranet
Webmail
Saperff
Golden Portal

Fale Conosco

Notícias
Sala de Imprensa
Vídeos
Rádio PaqTcPB
Enquete
Revista FETEC
Twitter
Downloads
             


Fundação Parque Tecnológico da Paraíba
Rua Emiliano Rosendo Silva - 115, Bodocongó. Campina Grande - Paraíba.
CEP: 58431-000 - Fones: (83) 2101-9020 / 2101-9025

Copyright by PaqTcPB - Todos os Direitos Reservados.