Diretoria Executiva confirma nova estrutura para Fundação PaqTcPB

7 de novembro de 2019

Iniciativa deve consolidar Campina Grande na vanguarda da inovação

Diretoria Executiva da Fundação PaqTcPB

A Diretoria Executiva da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba nas pessoas da Profa. Nadja Oliveira (Diretora Técnica), do Prof. Clóvis de Melo (Diretor Adjunto) e do Diretor Geral Prof. Nilton Silva, acreditando na consolidação e na importância da tríplice hélice (governo, academia e indústria) para fortalecer o ecossistema de Ciência, Tecnologia e Inovação (C,T&I) de Campina Grande e da Paraíba, e a partir de um planejamento estratégico foi buscar recursos para a construção de uma nova estrutura de condomínio tecnológico em Campina Grande.

Prof. Clóvis de Melo, Diretor Adjunto da Fundação PaqTcPB; Profa. Nadja Oliveira, Diretora Técnica da Fundação PaqTcPB; Senadora Daniella Ribeiro; Ministro MCTIC Marcos Pontes; Lucas Ribeiro; Sec. Ciência, Tecnologia e Inovação de CG; Prof. Fernando Peregrino, Presidente do CONFIES, Prof. Nilton Silva, Diretor Geral da Fundação PaqTcPB

É com grande satisfação que os diretores anunciaram durante o 2º Congresso Nacional do CONFIES, em Brasília, a conquista de 20 milhões de reais, resultado da articulação desta diretoria com o Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Campina Grande, Lucas Ribeiro, oriundos de emenda parlamentar da Senadora Daniella Ribeiro (7,5 milhões), do Deputado Federal Aguinaldo Ribeiro (2,5 milhões) e de apoio técnico financeiro e 10,0 milhões em contrapartida do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação-MCTIC/FINEP.

Diretoria Executiva da Fundação com o Ministro Marcos Pontes

O projeto Parque Tecnológico da Paraíba (2020-2030) vem consolidar a missão da Fundação, que há mais de três décadas presta relevantes serviços ao Estado.

Esta passará por significativa reestruturação, quando da construção de um grande complexo empresarial de base tecnológica, de laboratórios de inovação em parcerias com ICT’s e de ambientes de coworking, incubadoras, jardim botânico a ser erguido dentro dos conceitos de sustentabilidade ambiental e design factory.

A área de 260 mil metros quadrados será disponibilizada pela Prefeitura Municipal de Campina Grande, através do apoio do Prefeito Romero Rodrigues.

O novo Parque Tecnológico da Paraíba nasce em sinergia com a quarta revolução industrial ou indústria 4.0, com a Lei do Marco Legal da Ciência e Tecnologia, com a Lei da Liberdade Econômica e com o novo marco das telecomunicações, que atrairá e abrigará empresas, laboratórios de tecnologia da informação, automação e saúde 4.0, assim caracterizando-se como ambiente de convergência dos atores do ecossistema de inovação do Estado que desejem compartilhar desse espaço e se incorporar ao seu objetivo.

Impactos econômico e social

Estima-se que entre 200 e 300 empresas se instalarão no novo Parque Tecnológico da Paraíba, podendo gerar de 3 mil a 4 mil empregos diretos.

Essa é mais uma iniciativa para consolidar Campina Grande e a Paraíba na vanguarda da inovação, que é desde sempre sua vocação, e reafirmar a missão da Fundação Parque Tecnológico em gerar a partir da inovação e da tecnologia, desenvolvimento econômico e impacto social para o Estado da Paraíba.

Iury Sarmento

Por Iury Sarmento
Assessor de Comunicação
Fundação PaqTcPB

antalya escort escort antalya erotik hikaye ensest hikaye sex hikaye porno hikaye